Marcelo Guedes, coordenador de Projetos de Equipamentos Urbanos Conder

Caro Gestor | 18/11/2011
Marcelo Guedes, coordenador de Projetos de Equipamentos Urbanos Conder
Marcelo Guedes
Crédito: Paulo Neves, Ascom Sudesb

 

Marcelo Guedes, coordenador de Projetos de Equipamentos Urbanos da Diretoria de Equipamentos e Qualificação Urbanística da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), fala sobre os cuidados na construção de quadras esportivas:

Que tipos de quadras podem ser construídas? 

Basicamente, o que muda é a concepção física da quadra, isto é, se ela terá cobertura, arquibancadas, proteções. O fator que será realmente preponderante, porém, é o esporte ou conjunto de esportes que se deseja praticar. Dito isto, cada modalidade tem a sua particularidade, sua marcação de limites e suas regras. Portanto, a indicação depende de um estudo da área disponível.

Que aspectos da construção devem ser observados? 

Há vários portes de equipamentos, desde os mais simples, sem cobertura, piso em concreto e proteção em alambrado com tela, aos mais complexos, com instalações especiais para transmissões de TV. Cada situação necessita de um projeto adequado ao investimento pretendido. Quanto às medidas, volto a lembrar das modalidades que serão praticadas. Os limites da quadra de handball, por exemplo, são bem maiores que os limites das outras modalidades, em função da necessidade do esporte. 

Que tipo de solicitações desta natureza o órgão costuma receber?  

O maior volume de solicitações vem de pleitos formalizados pelos municípios do interior. Como somos executores de obras no Estado da Bahia, recebemos também emendas parlamentares, nas quais figuramos como “bastante executores”. Estamos executando duas Praças da Juventude, uma em Salvador, no bairro de Tancredo Neves, e outra no município de Simões Filho, com equipamentos compostos por ginásio coberto e campo de futebol society. 

Que tipo de apoio governamental o gestor público pode ter na construção de quadras na sua região?  

O maior apoio que o gestor pode conseguir é o recurso financeiro para construção do equipamento, sendo de extrema importância já possuir um projeto executivo. Os recursos federais só podem chegar através de emendas parlamentares ou convênios. O gestor pode também formalizar um pleito ao Governo do Estado para obtenção do recurso através um convênio ou mesmo com recursos do tesouro.

 

Tags relacionadas: Marcelo Guedes, Conder, quadras, esporte
Deixe seu comentário » 0 Comentários:
Outras entrevistas em: Entre Aspas

Ver todos os itens desta categoria »

Autor(a): Mariana Miranda

Graduada em Publicidade e Propaganda pela UCSal e em Jornalismo pela F2J, possui mestrado em Comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Tem experiência em gestão de conteúdo e fotografia. Hoje, colabora como redatora na Revista Caro Gestor e na Agência Fácil. Mais Informações em www.marianamiranda.com.

E-mail: mariana@carogestor.com.br
Twitter: @falamarimiranda

Perfil completo »

Publicidade