Davi Alcolumbre é o novo presidente do senado depois de momentos tensos na casa

Domingo, 3 de Fevereiro de 2019
Fonte: Redação Caro Gestor
Crédito da Foto: Senado

Depois de sessões tensas, onde os senadores trocaram acusações e os nervos estiveram à flor da pele, finalmente o Senado escolheu nesse sábado (2 de fevereiro) o novo presidente: Davi Alcolumbre (DEM-AP). A desistência de Renan Calheiros (MDB-AL) no meio do processo ainda contribuiu para que o democrata vencesse a eleição no primeiro turno com 42 votos. 

A trajetória política de Alcolumbre se iniciou como vereador na cidade de Macapá, onde exerceu seu mandato por dois anos (de 2001 a 2002), deixando o cargo para assumir o primeiro mandato como deputado federal.

Reelegeu-se duas vezes para a Câmara dos Deputados. Em 2014 foi eleito senador para um mandato de oito anos. Em 2018, concorreu ao governo de Amapá, ficando somente em terceiro lugar. Com isso, retornou a seu mandato de senador.

Seu caminho até a presidência contou com o apoio do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), cujo a esposa Denise Verbeling, trabalha no gabinete de Davi Alcolumbre. 

Com o discurso da nova política e o apoio de Lorenzoni, Dai Alcolumbre termina garantindo portas abertas ao governo federal, esse caminho pregando a nova política, termina por garantir ao novo presidente o apoio do Planalto e dos senadores novatos.

Nesse processo todo o DEM sai fortalecido e seu presidente, o prefeito de Salvador, ACM Neto, sei ainda mais forte. Inclusive seu fiel escudeiro e ex-chefe de gabinete João Roma (PRB-BA), atualmente Deputado Federal, foi um dos mais flagrados ao lado do novo presidente do Senado.


Voto Aberto

Durante o processo de votação, os senadores da Bahia Jaques Wagner (PT), Angelo Coronel (PSD) e Otto Alencar (PSD) optaram por não mostrar a cédula e seu voto, o que causou um momento tenso entre Jaques Wagner e Jorge Kajuru (PSB).

Diversos senadores fizeram questão de mostrar suas cédulas ao Plenário ou declararam seus votos ao microfone, entre eles Jorge Kajuru, Roberto Rocha (PSDB-MA), Selma Arruda (PSL-MT), Antonio Anastasia (PSDB-MG), Carlos Viana (PSD-MG), Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Lasier Martins (PSD-RS), Eduardo Girão (Pros-CE), Tasso Jereissati (PSDB-CE), Daniella Ribeiro (PP-PB), Styvenson Valentim (Rede-RN), Dário Berger (MDB-SC), Espiridião Amim (PP-SC), Jorginho Mello (PR-SC), Rodrigo Cunha (PSDB-AL), Plínio Valério (PSDB-AM), Oriovisto Guimarães (Pode-PR), Flávio Arns (Rede-PR), Alvaro Dias (Pode-PR), Soraya Thronicke (PSL-MS), Simone Tebet (MDB-MS), Marcos do Val (PPS-ES), Marcos Rogério (DEM-RO), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Lucas Barreto (PSD-AP), Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Vanderlan Cardoso (PP-GO) e Mara Gabrilli (PSDB-SP).


Sobre Afrânio Freire

Autou como Analista de Sistemas autodidata desenvolvendo sistemas para grandes empresas. Foi sócio da Data Packet Informática e 3A Informática desenvolvendo sistemas para empresas como Polialdem, CPC (Polo Petroquimico), Petrobrás, Prefeitura de Jequié entre outras. Desenvolveu diversos sistemas em Clipper, C e interagindo com Bancos de dados de micro informática a main frames;
Criador e Diretor do Jornal Folia & Ação, em Salvador. de 1994 a 2001.
Participou da criação do Caderno Municípios do Diário Oficial do Estado da Bahia;
Assessor de Marketing no período de 2000 a 2002 da UPB - União dos Municípios da Bahia;
Consultor de Marketing da Prefeitura de Eunápolis (2000 a 2001), Itagibá (2000 a 2004) e Boa Nova (2000 a 2004).
Sócio da Agencia Fácil Públicidade;
Consultor de Marketing da União de Vereadores do Brasil (2005-2013)
Vice-presidente do IMAP - Instituto Municipal de Administração Pública - de 2002 até os dias atuais. Implantou ações que resultaram no aumento de 10 para 600 clientes atendidos em 5 anos. Participou da criação e execução do Projeto SIOF - Sistema de Imprensa Oficial (640 mil edições de diários oficiais publicados), SIAM - Sistema Integrado de Arrecadação Municipal, Sisged - Gestão Eletrônica de Documentos. Durante esse período período o IMAP promoveu dezenas de cursos e capacitou mais de 5000 servidores;
Criador e Presidente do Conselho Editorial da Revista e Portal Caro Gestor. Veículo voltado para todos os senadores, prefeitos, presidentes de comissão de licitação, presidentes de câmaras, secretários, vereadores, deputados estaduais e federais, técnicos – e demais órgãos municipais e estaduais. 
Em 2007 recebeu Moção de Reconhecimento da Câmara de Vereadores de Salvador, através do Vereador Emmerson José e em 2013 foi homenageado pelos relevantes serviços prestados ao poder legislativo, pela Assembléia Legislativa da Bahia e União dos Vereadores do Brasil.

  • Email
  • Instagram

Comentários

    Não há comentário

Comentar

REVISTA DIGITAL

revistaCG

TV CARO GESTOR

TVCG