Patinete elétrica da Grin ajuda a fugir do transito das grandes cidades onde a Rappi atua

Segunda-feira, 18 de Março de 2019
Fonte: TechTudo
Crédito da Foto: Divulgação Grin

A Grin oferece o compartilhamento de patinetes elétricas em parceria com o aplicativo de entregas Rappi. O aluguel está disponível nas cidades onde o serviço de delivery atua, como São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre e outras capitais pela América Latina. Além destas, a opção de transporte também está presente em Santos e pode ser utilizada por meio do app da Grin.


O custo para desbloquear uma patinete é de R$ 3 nos primeiros três minutos de uso e mais R$ 0,50 por cada minuto adicional. Para entender como usar a patinete elétrica pelo Rappi, acompanhe o passo a passo elaborado pelo TechTudo. O tutorial a seguir foi realizado em um iPhone 6 com iOS 12, entretanto, os procedimentos são os mesmos em dispositivos com Android.


Como usar a patinete da Yellow no app grátis para Android e iPhone


Passo 1. Instale o Rappi para Android ou iPhone. Ao abrir o app, na tela principal, é possível visualizar as seções disponíveis no serviço. Dentre elas, toque em "Grin Patinete" para exibir um mapa com as estações de acesso ao transporte. Também é possível acessar o recurso no carrossel "Para Você" que é exibido no canto inferior do aplicativo;


Passo 2. Para liberar um veículo, use o botão "Iniciar" exibido no mapa para escanear o QR Code localizado no guidão da patinete. Em seguida, toque no ícone do cadeado para desbloquear e iniciar seu passeio. A partir desse momento, é iniciada a contagem de tempo para a cobrança, que é encerrada assim que a patinete for bloqueada novamente;


Passo 3. Para finalizar, basta pressionar o botão "Terminar viagem". Logo após, tire uma foto da patinete estacionada. Elas podem ser devolvidas em qualquer lugar dentro das zonas de utilização demarcadas no mapa com uma linha azul, ou em algum estabelecimento que seja uma Estação Grin;


Passo 4. Ao concluir, o app ainda permite que o usuário veja o resumo da sua corrida e avalie como foi sua experiência.


* Por Athus Silveira

Comentários

    Não há comentário

Comentar