Três municípios baianos festejam emancipação

 Nesta sexta-feira, dia 30 de março, três municípios baianos comemoram suas emancipações políticas. São as cidades de Barrocas que festeja seus 12 anos, Correntina com 74 anos e Luís Eduardo Magalhães que completa 12 anos. Na “cidade do ouro”, como é conhecida Barrocas localiza-se a mina de ouro operada atualmente pela Mineração Fazenda Brasileiro, pertencente a um grupo canadense. A agropecuária, incluindo o sisal, também é fator que contribui para o fortalecimento de sua economia, além do comércio em fase de crescimento. Barrocas limita-se com os municípios de Conceição do Coité, Serrinha e Teofilândia, entre outros.

Também no mesmo dia o município de Correntina festeja seus 74 anos de emancipação política. A localidade surgiu no ciclo do ouro, ao tempo das Capitanias de Pernambuco do donatário Duarte de Costa. E assim ficou até 1824 quando foi transferido para a província de Minas Gerais, depois e definitivamente para a Província da Bahia em 1827. Entre os pontos turísticos da localidade estão a sede própria do Museu Raimundo Sales, a Igreja Matriz no Bairro São José, a Igreja Nossa Senhora da Conceição, no Centro, a de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São Lázaro, a Igreja Sagrada Família no Setor Rio Rico, a Ponte Padre André, entre outras.
 
Outra aniversariante do mesmo dia é Luís Eduardo Magalhães que completa seus 12 anos. Jovem e promissor, o município de Luís Eduardo Magalhães se tornou um dos principais polos de desenvolvimento agrícola do país. O município não para de crescer, segue a passos largos, por ser um dos produtores de grãos. Para comemorar essa data especial a Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães preparou uma grande festa para a população participar dos eventos festivos em comemoração ao aniversário. A programação conta com os shows da banda Brothers do Forró e Edu e Maraial, além do hasteamento das bandeiras, corrida e passeio ciclístico.

Comentários

    Não há comentário

Comentar