Dom Macedo Costa comemora 50 anos de emancipação

 O município de Dom Macedo Costa, no Recôncavo baiano, 80 km de Salvador, comemora hoje, (04/04) cinquenta anos de emancipação política. O município é governado por Edvaldo Oliveira Souza, considerado o prefeito mais velho do Brasil com 94 anos.

Habitados pelos índios Maracás, foi depois colonizado no início do século XVII, com o estabelecimento de agricultores precedentes de Maragojipe. De uma das fazendas formou-se a povoação de São Roque do Bate Quente, desenvolvendo-se e dando origem a atual sede.
 
O arraial desenvolveu-se em função da agropecuária. Em 1953, criou-se o distrito com o nome de Dom Macedo Costa, passando a cidade em 1962. Alguns dos destaques da atual administração é o serviço social desenvolvido pelo Centro de Referência de Assistência Social, CRAS.
 
O serviço social abrange vários programas destinados às famílias carentes. O auxílio natalidade destina-se temporariamente às famílias em vulnerabilidade que receberam por nascimento um novo membro. Outra ação é o auxilio cesta básica de alimentação, a distribuição é destinadas às famílias em condições socioeconômicas precária. Há também o auxílio moradia e o auxílio funeral. O primeiro é destinado a auxiliar famílias que perderam o imóvel devido calamidade pública, e o segundo prove temporariamente as famílias que ficam em vulnerabilidade social devido à morte de algum membro.
 
O município ainda apresenta ações voltadas na área de esporte com a presença de atividades físicas na academia social. O objetivo é oferecer exercícios físicos regulares orientados por profissionais qualificados, proporcionando mais saúde, bem estar e melhor qualidade de vida à comunidade.
 
São oferecidos aos jovens e adolescentes aulas de dança e uma série de cursos voltados a geração de emprego e renda. Dentre os cursos oferecidos há bordado, corte e costura, cabeleireiro, eletricistas, curso de pintura em tecido, entre outros.

Comentários

    Não há comentário

Comentar