Itapé e Presidente Jânio Quadros comemoram emancipação

 Nesta sexta-feira, dia 28 de dezembro, os municípios de Itapé e Presidente Jânio Quadros comemoram suas emancipações políticas. Itapé que festeja seus 51 anos é banhado pelo Rio Cachoeira, que nasce na Barra do Salgado e deságua em Ilhéus. O rio é rico em diversidade de peixes. Itapé já foi considerada um dos grandes centros produtores de cacau e criação de gado. Atualmente sua economia está concentrada basicamente na pecuária. O rio Cachoeira apesar de sua grande importância na história da cidade também já foi o pivô de grandes desastres, com suas cheias em épocas de chuva. Na cidade existe a igreja matriz católica que fica localizada na praça central da cidade e tem em Bom Jesus da Lapa, o seu padroeiro. Adicionalmente, existem diversas outras igrejas evangélicas e a população se divide entre as opções religiosas cristãs. Itapé possui também um grandioso estádio de futebol, que recebe jogos regionais, vaquejadas e cavalgadas, que são uma das principais festas tradicionais da região, reunindo um grande número de pessoas durante os eventos. A tradicional festa junina de Itapé também merece ser ressaltada.

Outra aniversariante, Presidente Jânio Quadros festeja seus 92 anos. O povoamento do território iniciou-se por volta de 1876 com o desenvolvimento da agropecuária. Nesse mesmo ano, edificou-se a capela de São João Batista, iniciando a formação do povoado São João do Alípio. O arraial desenvolveu em função da agropecuária e do comércio. Em 1944, alterou-se o topônimo para Joanina. Em 1961, criou-se o município com o nome de Presidente Jânio Quadros, em homenagem ao presidente da República. E hoje é uma cidade também muito conhecida devido ao seu grande nível desenvolvimento no estado da Bahia, que tem vários pontos turísticos. É uma das sedes no Brasil do Instituto Rogacionista. No mês de junho ocorre o já tradicional festejo junino, e a cavalgada , com média de 5000 cavaleiros de toda a região. O distrito foi criado em 1893, e o município, em 28 de dezembro de 1920, pela lei estadual nº 1.604, desmembrado de Condeúba. Na ocasião, era composto dos distritos de Presidente Jânio Quadros e Maetinga, como permanece atualmente.

Comentários

    Não há comentário

Comentar

REVISTA DIGITAL

revistaCG

TV CARO GESTOR

TVCG