Cinco municípios baianos comemoram emancipação

 Cinco municípios baianos comemoram emancipação nesta sexta feira, dia 05 de abril. São eles: Anagé (51 anos), Adustina (24 anos), Matina (24 anos), Planalto (51 anos) e Planaltino (51 anos).

Anagé foi fundada em 1784, quando abria a estrada ligando o Arraial da Conquista a Caetité e ao Rio São Francisco. No começo, era ponto de pousadas de tropeiros e de viajantes. Está situada à margem direita do histórico Rio Gavião afluente do Rio de Contas. Criado, com território desmembrado do município de Vitória da Conquista, pela Lei Estadual n.º 1.656, de 05 de abril de 1962 e instalado em 07 de abril de 1963. Fez limites com os municípios de Belo Campo, Planalto, Caraíbas, Poções e Vitória da Conquista. 
 
Adustina somente em 1989 é elevada a cidade devido a expansão popAnagé (51 anos), Adustina (24 anos), Matina (24 anos), Planalto (51 anos) e Planaltino (51 anos).ulacional na década de 60. Municípios limitrofes: Paripiranga, Coronel João Sá, Sítio do Quinto, Antas e Fátima em território baiano. Poço Verde em território sergipano. É uma grande produtora de feijão. A localidade fica a 314 km de Salvador. A palavra Matina indica início da manhã, a partir da luminosidade natural. O município limita-se com os de Riacho de Santana, Igaporã e Palmas de Monte Alto. Matina foi iniciada encostada na lagoa de Matina onde para ali se dirigiram pessoas interessadas na exploração do sal em sua forma mais rudimentar. Elevado à categoria de município lei estadual nº 4852, de 1989.
 
Antiga povoação de Pau-ferro, depois Morros, Planaltino foi desmembrado de Maracás em 1962. Seu topônimo, Planaltino, deveu-se ao fato da existência de patamares e restos de esplanadas, Planalto Sul Baiano. Na cidade foi construída uma capela para São Roque. Todos os anos no dia de 16 de agosto havia uma homenagem ao santo padroeiro. Antes da festa era realizado um novenário. Como a igreja era muito pequena e não comportava a quantidade de pessoas, a missa era campal. O pequeno município se transformava, pois centenas de pessoas vinham de diversas regiões prestigiar a festa de São Roque. 
 
Planalto era a principio uma fazenda e pertencia ao município de Poções. Comerciantes e tropeiros passavam por Planalto. E ali formou uma pequena feira, começaram então a construir casas, aumentou o número de moradores e foi criado o arraial de Peri-Peri. Isso na década de 30. Devido ao grande afluxo comercial, a feira aumentou e foi transferida para a praça principal, Duque de Caxias. Peri-Peri cresceu, construíram uma capela, casas comerciais, escolas, e cinema. A população foi crescendo e, de acordo com a vontade dos habitantes, conseguiram sua emancipação no dia 5 de abril de 1962. Foi decretada a lei denominando o município de Planalto. Nome este por ser plano e alto. 

Comentários

    Não há comentário

Comentar