Mandiocultura é tema de seminário em Buerarema

O município de Buerarema, no Sul da Bahia, famoso nacionalmente pela qualidade dafarinha de mandioca produzida nas agroindústrias locais, esta sediando a partir das 9 horas desta sexta-feira (9), no antigo Colégio Henrique Alves, o Seminário de Mandiocultura. O evento, organizado pelo Conselho Regional Associativista de Buerarema e Adjacências (Crasba), conta com participação da gerência regional da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), sediada em Itabuna e vinculadaà Secretaria da Agricultura (Seagri).
 
O gerente regional da EBDA, Wagner Ayres, lembra que a empresa foi uma das maiores colaboradoras na organização e no desenvolvimento da cadeia produtiva da mandiocultura,em Buerarema. “Com assistência técnica da EBDA, a região produtora da farinha já chegou a produzir em média 75 mil quilos de farinha/mês”, disse Ayres.
 
A microrregião produtora da farinha de Buerarema compreende os municípios de Una, Ilhéus e a própria Buerarema. Os técnicos da EBDA, Rosângela Cabral, Paulo Carilo e Paulo Beline, que contribuíram para a criação e organização do Crasba,e há mais de dez anos prestam assistência técnica aos pequenos produtores de mandioca da região, também participarão do evento, que espera reunir mais de 150 agricultores familiares.
 
O seminário contará ainda com a presença de representantes da UniversidadeEstadual de Santa Cruz (Uesc), com campusno município de Ilhéus, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae),da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), da prefeitura e da Câmara de Vereadores.

 

Comentários

    Não há comentário

Comentar