Prefeitura de Barreiras participa de apresentação da Redesim

 A Prefeitura de Barreiras, por meio da Coordenação de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviços - Cincose, esta participando da apresentação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – Redesim, terça (22) , que teve inicio às 10hs na Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL. Representantes do município de Ibotirama e Santa Maria da Vitória também participarão do evento.

O objetivo da Redesim é simplificar e integrar o processo de registro e da legalização de empresários e pessoas jurídicas no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, além de unificar, acelerar novos empreendimentos, possibilita o aumento da arrecadação municipal a fim de melhorar o ambiente de negócios dos Micros e Pequenas Empresas MPEs.
 
Segundo o coordenador do Cincose, Barreiras não pode deixar escapar essa modalidade tecnológica. “O Redesim vai abrir espaço para as pessoas e empresas que querem abrir um negócio. Com a rede, teremos uma unidade de central de atendimento empresarial e atendimento presencial”, explicou Carlos Costa.
 
A Redesim será administrada por um comitê gestor, presidido pelo Ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e será composto por órgãos e entidades do Governo Federal, Estadual e Municipal responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresárias e sociedades simples.
 
Barreiras, Redesim em Salvador
 
Carlos Costa representou o município de Barreiras numa reunião que foi realizada em Salvador no dia 10 de novembro. O Auditório da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração acolheu cerca de 40 representantes de municípios baiano. Compôs à mesa, o presidente da Junta Comercial do Estado da Bahia, Carlos Henrique Martins. Secretário de Indústria, Comércio e Mineração, James Silva Santos. Coordenador de Comércio Atacadista, Varejista e de Distribuição, Francisco Nobre de Oliveira. O objetivo foi firmar parcerias para implantação do projeto Redesim.

 

Comentários

    Não há comentário

Comentar