Projeto social beneficia estudantes

 O vice-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito, e o presidente da Abav-Bahia, Pedro Galvão, lançaram o projeto-piloto “Conhecendo Minha Cidade”, destinado a estudantes da Rede Municipal que estão cursando o ensino fundamental. O projeto de cunho social foi amadurecido durante as reuniões de administração do Pelourinho, coordenadas por Brito durante mais de um ano, quando recebeu apoios e pôde contar com o patrocínio da prefeitura.

A partir de agora, 120 alunos com idades entre 14 e 16 anos e renda familiar  de até três salários mínimos vão ser treinados durante três meses para atuarem na área do turismo. Eles terão quatro horas diárias de aulas sobre História da Bahia, noções de inglês e espanhol, Cultura Afro, informática e apresentação pessoal. 
 
Também irão visitar pontos turísticos da capital baiana no Salvador Bus. Cada estudante selecionado recebe fardamento, sacola, transporte e alimentação.
 
O treinamento, dividido em quatro turmas, será feito no turno oposto ao das aulas regulares. Os alunos selecionados são das escolas municipais Amélia Rodrigues, Alexandre Leal e Vivaldo da Costa Lima. No final, o primeiro colocado de cada turma terá um prêmio: irá a Brasília conhecer o Palácio do Planalto.
 
Na elaboração do projeto, Edvaldo Brito visitou vários fortes de Salvador em companhia então do comandante da 6ª Região Militar, general João Francisco Ferreira, viabilizando a possibilidade das fortificações abrigarem algumas aulas.
 
“Conhecendo Minha Cidade” é criação da Abav-Bahia com apoio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), apoiado pelo Hotel Matiz e Banco do Nordeste. Novas parcerias para o projeto estão sendo buscadas com empresas do setor de turismo e com instituições envolvidas na organização da Copa 2014, para que outras turmas sejam implantadas e os alunos possam futuramente ser aproveitados no mercado de trabalho.
 
O assessor chefe da Secult, Eliezer Cruz destacou a importância do projeto para valorizar o turismo, mas, principalmente os valores da cidadania nesses jovens.

Comentários

    Não há comentário

Comentar