Investidores chineses conhecem projeto da ponte Salvador

Caro Gestor | 17/06/2015
Investidores chineses conhecem projeto da ponte Salvador

 Empresários chineses estiveram ontem (12) na Secretaria do Planejamento da Bahia (Seplan) para conhecer detalhes do Sistema Viário Salvador-Itaparica, projeto no qual está inserida a construção da ponte Salvador – Ilha de Itaparica. Acompanhados do cônsul geral da China no Brasil, Song Yang, e tendo na comitiva representante do China Development Bank (CDB), que equivale ao brasileiro BNDES, os empresários conheceram os projetos de infraestrutura existentes na Bahia e foram recebidos pelo vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão.

O secretário apresentou as oportunidades de investimentos no estado, a exemplo da energia eólica, Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), Porto Sul e, principalmente, a ponte. Segundo o secretário, os chineses demonstraram bastante entusiasmo com os projetos. À tarde, João Leão recebeu um grupo da Global Connections, representando a empresa China Tiesuu Civil Engineering Group Co., que atua na área de engenharia e construções. Eles também foram apresentados ao projeto da ponte Salvador-Ilha de Itaparica.
 
O vice-governador está otimista com a possibilidade dos empresários investirem na construção da ponte, que deve acontecer em regime de Parceria Público Privada (PPP). “Achamos as reuniões muito proveitosas. Os empresários chineses demonstraram interesse em participar dessa concessão”, afirmou João Leão.
 
A área afetada diretamente pela ponte soma 45 municípios, localizados na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Recôncavo e Baixo Sul, totalizando 4,4 milhões de habitantes. Na apresentação foi destacado que, mais que a construção da ponte, o projeto visa o desenvolvimento regional, social e urbano, bem como investimentos em infraestrutura urbana.
 
Além das intervenções rodoviárias, a proposta é priorizar ações em áreas como educação, saúde, logística, turismo e agronegócios. A expectativa é que o projeto atraia US$ 10 bilhões em investimentos privados. Também é esperada a geração de aproximadamente cerca de cem mil empregos, entre diretos e indiretos.
 
A apresentação também delineou os estudos e projetos que estão sendo realizados e o seu andamento. O Governo do Estado estima que antes do final deste ano todos os estudos contratados estarão concluídos. A partir daí, o Governo iniciará o processo licitatório da concessão, com a realização de consultas públicas.
Entre os estudos estão os Projetos Básicos de Engenharia da Ponte e do trecho Salvador-Ponte do Funil (BA-001), Hidráulica Marítima, Estudos Urbanísticos e Estudos de Modelagem Econômico-Jurídica. O Estudo de Impacto Ambiental – Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) está pronto e foi protocolado, em fevereiro deste ano, no Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que está analisando o estudo.
 
PPP – Pelo Conselho Gestor do Programa de Parceria Público Privada (PPP) foi aprovado que o Governo da Bahia dê prosseguimento à proposta preliminar do projeto do Sistema Viário Salvador-Itaparica, sob o regime de PPP. A partir dessa aprovação, o Governo pretende lançar um edital de consulta pública com o intuito de recolher da sociedade e do mercado propostas e sugestões para o projeto. Após o período de consulta pública, um edital final será lançado para a escolha do grupo que será responsável pela construção da ponte Salvador-Itaparica e demais vias previstas no projeto.
 
Deixe seu comentário » 0 Comentários: