Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados

cnm | 03/02/2017
Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos Deputados

 À frente da Câmara dos Deputados desde julho do ano passado, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito presidente da Casa legislativa para o biênio de 2017-2018 com 293 votos. Maia, que assumiu a presidência em substituição ao ex-deputado Eduardo Cunha, foi candidato do bloco PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, DEM, PRB, PTN, PPS, PHS, PV e PTdoB.

Seu principal concorrente, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) representou o PTB, SD, Pros e PSL e obteve 105 votos. Já o candidato do bloco PT, PDT, PCdoB, André Figueiredo (PDT-CE), teve 59 votos; a deputada Luiza Erundina (Psol-SP), 10; o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), 28; e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), quatro votos. Houve cinco votos em branco.
 
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) confia na sensibilidade do presidente da Câmara para pautar as matérias de interesse municipalista que tramitam na Casa ao Plenário, uma vez que a maior parte da pauta prioritária que compreende encargos, responsabilidades e autonomia aos Municípios aguarda apreciação dos deputados.
 
A CNM espera que Maia honre com os compromissos firmados ao longo do ano passado com o movimento municipalista brasileiro e, ao pautar propostas primordiais aos Municípios, acredita que o atual presidente possa ajudar a minimizar a crise financeira que atinge a totalidade dos Municípios.
 
Mesa Diretora
Onze deputados foram eleitos para diferentes cargos da Mesa Diretora. Houve segundo turno para as vagas da 1ª Vice-Presidência e da 3ª Secretaria. 
 
O deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) foi eleito 1º vice-presidente da Câmara dos Deputados em segundo turno, com 265 votos, contra 204 de Osmar Serraglio (PMDB-PR). Já a 3ª Secretaria será ocupada pelo deputado JHC (PSB-AL), eleito também em segundo turno com 240 votos contra 220 de João Fernando Coutinho (PSB-PE).
 
Os integrantes efetivos da Mesa não podem fazer parte de liderança nem de comissão permanente, especial ou de inquérito. A Mesa funciona como uma comissão para decidir sobre assuntos internos e também promulga emendas constitucionais com o a Mesa do Senado. Além das funções do presidente, cada membro da Mesa tem atribuições específicas.
Deixe seu comentário » 0 Comentários: