Audiência discute preço de hotéis e passagens durante a Copa

Agência Câmara | 07/05/2014
Audiência discute preço de hotéis e passagens durante a Copa

 O preço e a qualidade dos serviços prestados por hotéis, bares e restaurantes na véspera da Copa do Mundo será tema de audiência promovida nesta tarde na Comissão de Defesa do Consumidor.

“Temos acompanhado a crescente preocupação dos órgãos do governo com a tendência de aumento dessas tarifas, largamente constatada em levantamentos realizados pela imprensa e por órgãos de defesa do consumidor, que pode comprometer a ampliação do turismo no nosso País, em especial, após a realização da Copa”, afirma o deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), um dos parlamentares que propôs o debate.
 
Lopes afirma que, mesmo com a vigilância de órgãos de defesa do consumidor, os preços estão aumentando. “Os brasileiros, porém, não podem ser penalizados com a elevação de tarifas em percentuais muito acima da inflação.”
 
No fim do ano passado, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, disse, na Câmara, que a entidade não tinha dados para embasar as denúncias de escalada de preços das passagens aéreas para a Copa.
 
“Levantamento realizado pelo site TripAdvisor registrou um aumento de 178% no preço da hospedagem nas cidades-sede da Copa”, acrescenta o deputado Sérgio Brito (PSD-BA), outro parlamentar que pediu a audiência.
 
Além dos preços, Brito ressalta ainda que há uma preocupação com a qualidade dos serviços prestados. “Em especial nos aeroportos, que receberam aportes milionários e investimentos vultosos a fim de preparar o país para a chegada de milhares de turistas do Brasil e do exterior.”
 
Convidados
Foram convidados para discutir o assunto:
- a coordenadora-geral de Consumo e Cidadania da Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, Ana Cândida Muniz; 
- o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vicente José de Lima Neto; 
- o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Enrico Fermi Torquato Fontes; e 
- o conselheiro da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Fernando Cabral.
 
O debate será realizado no plenário 8, às 14h30.
Deixe seu comentário » 0 Comentários: