Ouro Preto (MG) têm prejuízos com turismo no Carnaval

G1 Minas Gerais | 19/02/2015
Ouro Preto (MG) têm prejuízos com turismo no Carnaval

Cerca de 75 mil foliões eram esperados para os quatro dias de carnaval em Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, que abriga uma das festas de Momo mais famosas do Brasil. A prefeitura da cidade ainda não divulgou um balanço do número de turistas que passou pelas ladeiras históricas, mas moradores e comerciantes acreditam que o município não foi tão procurado como em 2014.

“Tem três anos que eu trabalho no carnaval e nunca vi tão vazio. Parece até feriado prolongado, quando não tem nada. Os 75 mil que disseram que vinham, eu estou esperando até agora”, disse Vânia de Matos, gerente de um dos restaurantes da Praça Tiradentes, no centro histórico de Ouro Preto. A dona de uma pizzaria, que não quis se identificar, também acha que a cidade esteve mais vazia. “Nosso fim de semana foi bem fraco. Só foi melhorar na segunda. Mais foi abaixo das expectativas”, lamenta.

Uma moradora da Rua São José, uma das vias preferidas dos blocos, acha que a ameaça da falta d’água e o aumento da fama do carnaval de Belo Horizonte contribuíram para a diminuição da procura por Ouro Preto. “Isso aqui [aponta para a rua], não tinha como passar de tanta gente. Tem movimento, mas se comparado com o ano passado caiu muito”, conta.
Apesar da aparente queda no número de turistas, o setor hoteleiro comemora a ocupação durante o carnaval. “Está tudo lotado”, disse o gerente do Hotel Pousada Solar da Ópera. “Nós estamos com 100% de ocupação”, comemora um funcionário do tradicional Hotel Solar do Rosário. A animação também foi grande, com música e sobe-desce das ladeiras até o raiar do dia.
Tags relacionadas: Ouro Preto, público, carnaval
Deixe seu comentário » 0 Comentários: