Maratona de programação premia projetos com foco em serviços públicos

O Ministério da Economia, em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) e com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), anunciou hoje (18) a maratona de programação Hackaton Rede +Brasil. O evento busca colaboradores que criem soluções tecnológicas voltadas para a digitalização de serviços públicos que mudem a forma como o governo presta serviços ao cidadão.

O evento, que ocorrerá entre 8 e 15 de setembro, premiará equipes de 3 a 5 participantes, formadas por programadores a partir de 18 anos, que apresentarem projetos dentro de seis temáticas: transparência, transferência de recursos, simplificação de processos, confiabilidade de dados, combate à corrupção e eficiência no setor público.

Dentre os requisitos, os projetos deverão melhorar a integração e comunicação de sistemas já existentes na plataforma +Brasil e permitir que sistemas municipais se comuniquem com sistemas federais – um dos grandes desafios do projeto de digitalização do governo federal. “O objetivo deve ser proporcionar maior transparência, aumento dos mecanismos de participação e controle social e melhoria da qualidade dos serviços públicos”, informa a nota do Ministério da Economia.

As inscrições começam em 23 de agosto e vão até 5 de setembro, e poderão ser realizadas pelo site do evento.

Funcionários do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), do Ministério da Economia e da CGU farão palestras para os interessados para introduzi-los aos sistemas e aos requisitos de desenvolvimento. Equipes participantes também contarão com a mentoria de integrantes do governo federal especializados em desenvolvimento de sistemas e programação em software livre.

Como participar

As inscrições pelo site do evento começam no dia 23 de agosto e vão até o dia 5 de setembro. Os integrantes do ministério, da CGU e do Serpro irão promover palestras para os hackathonistas e participar da banca julgadora e, ainda, como mentores para suporte e orientação das equipes. 

As três soluções vencedoras do Hackathon +Brasil ganham prêmios de R$ 15 mil (primeira), R$ 10 mil (segunda) e R$ 5 mil (terceira). O anúncio dos vencedores será feito no dia 15 de setembro.

Analista de Sistemas autodidata de empresas de grande porte como Polialdem, CPC (Polo Petroquímico), Petrobrás, Prefeitura de Jequié entre outras; Foi sócio da Data Packet Informática e 3A Informática; Criador e Diretor do Jornal Folia & Ação, em Salvador. de 1994 a 2001. Participou da criação do Caderno Municípios do Diário Oficial do Estado da Bahia; Assessor de comunicação no período de 2000 a 2002 da UPB - União dos Municípios da Bahia; Consultor de Marketing da Prefeitura de Eunápolis (2000 a 2001), Itagibá (2000 a 2004) e Boa Nova (2000 a 2004). Sócio da Agência Fácil Publicidade; Consultor de Tecnologia e Comunicação da União de Vereadores do Brasil (2005-2013) Vice-presidente do IMAP - Instituto Municipal de Administração Pública - de 2002 até os dias atuais. Implantou melhorias nos sistemas e ações que resultaram no aumento de 10 para 600 clientes atendidos em 5 anos; Criador e Presidente do Conselho Editorial da Revista e Portal Caro Gestor; Em 2007 recebeu Moção de Reconhecimento da Câmara de Vereadores de Salvador, através do Vereador Emmerson José e em 2013 foi homenageado pelos relevantes serviços prestados ao poder legislativo, pela Assembleia Legislativa da Bahia e União dos Vereadores do Brasil.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário