Ações argentinas em disparada: Presidente eleito promete reformas, privatizações e dolarização

Javier Milei saiu vitorioso das eleições presidenciais da Argentina neste fim de semana e, com base no desempenho do principal fundo de índice global com exposição ao país, o Global X MSCI Argentina ETF (ARGT), os investidores reagem com otimismo ao novo governo do ultraliberal. As ações do ARGT, listadas em Nova York, subiram mais de 12% no pré-mercado e mantiveram o mesmo ímpeto depois da abertura das bolsas. Às 11h45 (horário de Brasília), a alta era de 12,23%, negociando a US$ 47,12. Para Luan Alves, gestor de portfólio da…

LEIA MAIS

IGP-M registra queda de preços de 1,84% em maio

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou deflação (queda de preços) de 1,84% em maio deste ano. A queda é mais acentuada do que a observada em abril, quando apresentou deflação de 0,95%. Na comparação com maio de 2022, houve inflação (alta de preços) de 0,52%. Com o resultado, o IGP-M acumula queda de preço de 2,58% desde o início do ano. Em 12 meses, a deflação acumulada chega a 4,47%. Em maio do ano passado, o índice acumulava inflação de 10,72%…

LEIA MAIS

Petrobras aprova nova política de preços para gasolina e diesel

A Petrobras informou nesta terça-feira (16) que a diretoria executiva aprovou ontem uma nova estratégia comercial para definição de preços de diesel e gasolina, em substituição à atual. A informação é do jornal “O Globo”. Segundo a estatal, a estratégia comercial usará duas referências de mercado. A primeira é o custo alternativo do cliente, que contempla as principais alternativas de suprimento, sejam fornecedores dos mesmos produtos ou de produtos substitutos. Além disso, a definição de preços não refletirá apenas a cotação internacional do petróleo e o dólar como é hoje.…

LEIA MAIS

Especialista Rondinelle Ribeiro fala da Nova Lei de Licitações no podcast Interior Baiano Notícias

Nova Lei de Licitações e Lei de Responsabilidade Fiscal. Estes foram alguns dos temas abordados durante a entrevista do Economista e Especialista em Gestão Pública Rondinelle Ribeiro, para o episódio 19 do podcast Interior Baiano Notícias. Rondinelle é Economista e especialista em gestão pública, Diretor Regional do Médio Rio das Contas da União das Controladorias Internas do Estado da Bahia – UCIB. Com mais de 10 anos de experiência em Controle Interno Municipal, Rondinelle já foi secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de Itagibá-Ba e também atuou como Controlador Interno…

LEIA MAIS

98% do mercado acha política econômica de Lula errada, aponta pesquisa

98% dos operadores de mercado acham que a política econômica do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está indo na direção errada, de acordo com pesquisa da Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (15). A pesquisa ouviu a opinião de 82 gestores, economistas e analistas de fundos de investimentos com sede no Rio de Janeiro e em São Paulo. Além da esmagadora maioria acreditar que a política econômica do governo é errada, 94% disseram confiar pouco ou nada no presidente Lula; 5% confiam mais ou menos, enquanto 1% confia…

LEIA MAIS

Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,9% para 5,96%

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, subiu de 5,9% para 5,96% para este ano. A estimativa consta do Boletim Focus, pesquisa divulgada semanalmente, em Brasília, pelo Banco Central (BC), com a expectativa de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. Para 2024, a projeção da inflação ficou em 4,02%. Para 2025 e 2026, as previsões são de inflação em 3,8% e 3,79%, respectivamente. A estimativa para este ano está acima do teto da meta de…

LEIA MAIS

Autonomia do Banco Central: mito e realidade, por Zeca Dirceu

A atual taxa básica de juros estabelecida pelo Banco Central –13,75% ao ano– é inconcebível à luz de qualquer parâmetro técnico. A taxa real de 8% ao ano –a mais alta do planeta– impacta decisivamente a qualidade de vida da população, pois prejudica frontalmente a criação de empregos e renda, compromisso maior do governo eleito em 2022. A estratosférica taxa de juros afeta diretamente os investimentos e, com isso, o crescimento do Produto Interno Bruto. As micro, pequenas, médias e grandes empresas são desestimuladas a investir, a dívida pública cresce…

LEIA MAIS

Líderes do PT se voltam contra Fernando Haddad

Perto de completar dois meses, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva expõe uma disputa ruidosa na sua área mais sensível. Em manifestações públicas nos últimos dias, o PT e alguns líderes da legenda no Congresso fizeram coro contra a retomada da cobrança de impostos federais nos combustíveis e por uma nova política de preços para a Petrobras. A pressão petista atinge em cheio o principal ministro da legenda na Esplanada. O titular da Fazenda, Fernando Haddad, que defende a reoneração. E, por tabela, o presidente da Petrobras, o…

LEIA MAIS

Prefeito aguarda relatório para definir reajuste da passagem de ônibus

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), ainda não bateu o martelo sobre a data que será aplicada a nova tarifa do transporte público da capital baiana. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (2), na Câmara Municipal de Salvador, o gestor revelou que aguarda a conclusão de um relatório da agência de consultoria contratada pela prefeitura para, então, regulamentar o que está no contrato e definir prazos e valores do reajuste. No fim de janeiro, o secretário de Mobilidade de Salvador, Fabrizzio Muller, afirmou que ainda…

LEIA MAIS

Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,48% para 5,74%

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, subiu de 5,48% para 5,74% para este ano. A estimativa consta do Boletim Focus de hoje (30), pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), em Brasília, com a expectativa de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. Para 2024, a projeção da inflação ficou em 3,9%. Para 2025 e 2026, as estimativas são de inflação em 3,5%, para ambos os anos. A previsão para 2023 está acima do teto…

LEIA MAIS